O cartel Navarro e os Snells aparentemente tinham firmado um acordo para distribuição de drogas e construção de um cassino, mas quando Darlene (Lisa Emery) toma uma atitude precipitada e mata Del Rio (Esai Morales), toda a operação pode estar em risco. Marty (Jason Bateman) e Wendy (Laura Linney) se veem obrigados a tomarem atitudes mais drásticas para proteger suas vidas e a de seus filhos.

Com o desaparecimento repentino de Del, a advogada do cartel, Helen Pierce (Janet McTeer), vai até a região do lago de Ozark para dar início a operação. Os mexicanos desconfiam da qualidade da heroína produzida pelos Snells e também não acreditam que Marty conseguirá entregar o cassino. Quando Helen descobre o que realmente aconteceu com Del, ela concede a Marty o prazo de uma hora para negociar uma compensação pelo ocorrido. Em razão disso, Jacob (Peter Mullan) mata Ash (Michael Tourek), que foi visto usando o cartão de Del em Chicago, deixando Darlene abalada.

Marty e Wendy começam a trabalhar para que o senado autorize a construção do cassino na região: conseguir uma aprovação do legislativo não será uma tarefa fácil. Com experiência na seara política, Wendy entra em contato com Charles Wilkes (Darren Goldstein), um empresário e doador político, visando conseguir todos os votos necessários para a aprovação do empreendimento. Enquanto isso, Marty negocia com a Frank Cosgrove (John Bedford Lloyd), líder da máfia Kansas City (que controla os negócios dos cassinos), um velho conhecido de Buddy (Harris Yulin). Para manter o projeto viável, fica acordado que os trabalhadores do cassino seriam sindicalizados, o que solucionaria parte dos problemas enfrentados por Frank.

Cade Langmore (Trevor Long), pai de Ruth (Julia Garner), consegue condicional e deixa a penitenciária. Preciso dizer que ele será um problema? Cade mal sai da cadeia e já começa a cometer delitos, levando Ruth e Wyatt (Charlie Tahan) em algumas de suas aventuras criminosas. Ruth é uma jovem que quer mudar de vida, quer dar um futuro para Wyatt na faculdade, mas seu pai sempre está no meio do caminho, atrapalhando todos os seus planos. Cade é uma pessoa muito violenta, não poupando nem mesmo sua filha de suas agressões. Como ele sabe dos negócios de Marty, uma de suas maiores obsessões é descobrir onde toda a grana está guardada.

Em meio a toda a tensão política para a abertura do cassino, o FBI intensifica as investigações sobre Marty e o cartel, conseguindo com que todos os negócios da família Byrde sejam impedidos de funcionar simultaneamente. Roy (Jason Butler Harner) deixa de ser um agente infiltrado e passa a ter contato direto com Marty, sua família e os Snells. Uma grande operação é armada, com direito a escavações na fazenda de Jacob e Darlene, mas o resultado final fica aquém do esperado. Enquanto isso, Helen e os membros do quartel monitoram tudo de perto, intervindo quando necessário. Marty passa a ser um protegido do cartel: mexer com ele certamente resultará em consequências não muito agradáveis.

Se a região do lago Ozark passa por grandes tensões, Marty e Wendy não encontrarão muita paz  nem mesmo dentro de casa. Charlotte (Sofia Hublitz) rouba US$ 10 mil em dinheiro do cartel e divide a quantia com Jonah (Skylar Gaertner), seu irmão. Charlotte compra uma van e começa a fumar maconha com o dinheiro, ao passo que Jonah cria uma conta bancária com uma identidade falsa e começa a transferir o dinheiro para contas não rastreáveis. Os filhos de Marty e Wendy passam a compreender mais tudo o que está acontecendo, o que leva a Charlotte a querer ser emancipada e ir embora.



Considerações finais
A segunda temporada de Ozark é mercada por muita tensão e suspense. Se antes Wendy parecia ser mais uma personagem coadjuvante, agora a esposa de Marty entra de vez nos negócios do marido, tomando constantemente decisões importantes, principalmente nos momentos em que seu marido mostra um certo abatimento. Wendy passa a encarar melhor o local onde foi inserida, não se preocupando muito com as consequências das escolhas que são feitas.  Ela é inteligente: pensa e age rapidamente. Sua decisão, no último episódio da temporada, mostra como ela se sente "confortável" na condição em que se encontra.

Ozark mantém o nível de qualidade da primeira temporada, mas agora com um ritmo mais intenso. A introdução da advogada Helen deu um novo ar para a série, tendo agregado muito à narrativa. Já a presença da máfia de Kansas City foi mais discreta, mas com o episódio final, podemos esperar uma maior participação por parte de Frank Cosgrove e seus comparsas na terceira temporada. Ruth novamente mostra-se uma personagem extremamente interessante, fruto de um grande trabalho da atriz Charlie Tahan. O elenco, em geral, mais uma vez fez um excelente trabalho, assim como toda a equipe de produção e direção. Ozark certamente é uma das melhores séries de drama produzidas pela Netflix.

Nota
★★★★☆ - 4 - Ótimo


Veja mais sobre Ozark:
└ Análise da série Ozark (1ª temporada)
Análise da série Ozark (3ª temporada)

➜ Você pode ver análises de outras séries clicando aqui.