Sons of Anarchy Motorcycle Club Redwood Original, também conhecido como SAMCRO ou Sam Crow, é um clube de motociclistas presidido por Clay Morrow (Ron Perlman) e instalado na pequena cidade de Charming, no norte do estado da Califórnia. A influência que SAMCRO exerce na região acabou afastando a chegada das grandes corporações, fazendo Charming preservar as características de um município do interior. Clay também tem acordos com o chefe da polícia local, Wayne Unser (Dayton Callie), para vender suas armas ilegais em troca de manter o sossego na área. Como Wayne está doente, pode ser que as coisas fiquem um pouco complicadas no futuro.

A trama tem início quando um galpão de armas de SAMCRO é atacado e incendiado pelos Mayans, um clube de motociclistas mexicanos envolvido com o tráfico de heroína. Com as armas roubadas, os Mayans pretendiam interceptar um carregamento de heroína dos Niners, uma gangue de rua que compra armas de SAMCRO. Ao tomar conhecimento da situação, Clay e seus parceiros revidam e recuperam suas armas. Esses eventos, no entanto, acabam chamando a atenção da ATF, que envia a agente federal June Stahl (Ally Walker) para investigar a situação.

O protagonista da série é Jax Teller (Charlie Hunnam), vice-presidente de SAMCRO e filho de John Teller, um dos fundadores do clube. Antes de falecer, John escreveu um livro relatando como SAMCRO havia perdido o seu rumo ao longo dos anos. Enquanto revirava algumas caixas com coisas antigas, Jax acaba encontrando uma cópia do livro e começa a lê-lo. Desde o começo da série, dá para perceber que o protagonista não é como o restante do clube: sempre que possível, Jax opta por adotar uma linha menos violenta e sangrenta. Os registros do pai certamente farão com que ele repense ainda mais sobre as ações que são praticadas pela organização.

O temor de Gemma (Katey Sagal), mãe de Jax, é que o filho siga o mesmo caminho do pai. Atualmente casada com Clay, Gemma pede para o marido ficar de olho no comportamento de Jax. No decorrer da temporada, Clay e Jax acabam tendo pequenas divergências de opiniões, sendo quase todas elas resolvidas pelo próprio clube mediante votação aberta. No entanto, uma situação ocorrida na reta final da temporada indica que esse espírito ameno entre o presidente e o vice-presidente de SAMCRO pode não durar por muito tempo.

Voltando a falar de Gemma, ela é uma mulher durona, que não hesita em agir para proteger Jax e sua família. Gemma chega até mesmo a interferir na vida pessoal do filho quando percebe que ele está se apaixonando pela Dra. Tara (Maggie Siff), com quem já teve um relacionamento na época do colégio. Por considerar Tara uma pessoa certinha e sem envolvimento com crimes, Gemma acredita que ela não se adaptaria ao estilo de vida de SAMCRO. Por outro lado, o último relacionamento de Jax foi bastante complicado, já que sua antiga namorada, Wendy (Drea de Matteo), era viciada em drogas. Depois de ter uma overdose, Wendy acaba tendo o seu filho com Jax de forma prematura, despertando uma fúria em Gemma.

Explorando o drama familiar envolvendo nascimento do filho de Jax e as relações de SAMCRO com as outras gangues e clubes de motociclistas, a primeira temporada de Sons of Anarchy é amplamente marcada pela presença dos agentes federais em Charming. Um deles estava na cidade apenas para importunar Tara, em razão de uma paixão possessiva, mas o restante dos membros da ATF tinham um objetivo bem claro: encontrar provas para incriminar Clay e seus parceiros. Utilizando todos os meios possíveis para tentar desestabilizar SAMCRO, as ações da agente June acabam gerando consequências irreparáveis.


Considerações finais
Eu nunca imaginei que uma série sobre um clube de motoqueiros poderia ser tão interessante. Mais do que um grupo de homens fanáticos por motos, SAMCRO muitas das vezes exerce um papel que deveria ser feito pelo Estado. Acontece que eles não estão ali apenas para afastar a criminalidade e as drogas de Charming, por trás dessas ações existe um esquema de tráfico internacional de armas e algumas festas bem animadas com garotas de programa.

Como em praticamente toda obra envolvendo gangues, a violência é um elemento recorrente em Sons of Anarchy. A série criada por Kurt Sutter também entrega subtramas bem desenvolvidas e personagens marcantes e carismáticos. Como a temporada de estreia é basicamente focada em apresentar para o público o universo da série, temos um desenvolvimento um pouco arrastado. Além disso, enquanto assistia, tive algumas dúvidas sobre os outros grupos criminosos, mas no decorrer dos episódios os interesses de cada um deles ficaram mais claros. Para finalizar, a atração conta com uma ótima trilha sonora e uma excelente atuação do elenco.

Nota
★★★★☆ - 4 - Ótimo


Veja mais sobre Sons of Anarchy:

➜ Você pode ler análises de outras séries clicando aqui.