Exibido pela Rede Globo no final da década de 1980 e meados da década de 1990, ThunderCats também foi transmitido na TV aberta brasileira pelo SBT, em 2001 e 2012. Sendo transmitido por duas emissoras com ampla cobertura no pais, a série certamente marcou a infância de muitas pessoas.

Hoje, separamos dez curiosidades sobre essa clássica animação. Confira:

1. ThunderCats é baseado nos personagens criados por Tobin Wolf. Leonard Starr foi principal roteirista da série. No ano 2000, Janice, filha de Wolf, revelou em uma entrevista que ela se sentava à mesa com o pai e eles começavam a criar os personagens da atração.

2. A primeira temporada foi concluída em 1983, mas só foi exibida publicamente em 1985.

3.Bernard Hoffer foi o responsável por compor o tema de abertura a trilha sonora da animação.

4. Em 1987, o grupo infantil Trem da Alegria gravou a música Thundercats para a exibição do desenho no Brasil. A canção foi escrita por Michael Sullivan e Paulo Massadas.

5. O filme ThunderCats Ho! The Movie foi planejado para ser veiculado nos cinemas. No entanto, depois do fracasso de filmes como Os Transformers: O Filme e My Little Pony: The Movie, o longa foi lançado diretamente na TV, em 1986. 

6. Thundercats Ho! The Movie foi lançado em VHS apenas no Reino Unido. Mais tarde, quando foi distribuído no formato de DVD, o filme foi dividido em cinco partes e acabou se tornando os episódios iniciais da segunda temporada.

7. ThunderCats teve histórias em quadrinho publicadas pela Marvel e pela DC Comics ao longo dos anos. Entre 1985 e 1988, a Marvel publicou 24 edições mensais através da marca Star Comics. Algumas das edições eram releituras de episódios da série, enquanto outras se esforçavam para contar histórias originais. Pelo selo Wildstorm Productions, a DC publicou, entre 2002 e 2004, cinco minisséries com cinco volumes cada. Ainda em 2004, foi lançado um quadrinho, de edição única, que retratava o encontro do Superman com a equipe de Tandera. Já em 2016 e 2017, a DC Comics lançou o crossover He-Man/ThunderCats, dividido em seis volumes.

8. Uma adaptação cinematográfica da série foi anunciada em junho de 2007. Aurelio Jaro estava trabalhando em um longa-metragem animado em CGI, baseado em um roteiro escrito por Paul Sopocy. Jerry O'Flaherty, veterano diretor de arte de videogames, assinou contrato para dirigir o filme. Planejado para ser produzido pela Spring Creek Productions, o longa foi originalmente programado para 2010, mas o filme acabou tendo a sua produção suspensa. Anos depois, um teste de animação acabou chegando na internet.

9. Depois da clássica série (1985-1989), a Warner Bros. Animatios liderou o desenvolvimento de dois reboots da franquia. O primeiro aconteceu com o anime de 2011, que teve as animações produzidas pelo estúdio japonês Studio 4°C. A atração, no entanto, foi cancelada após a exibição de sua primeira temporada. Em 2020, foi lançado ThunderCats Roar, que tem uma premissa semelhante à da animação original, mas adota uma pegada mais leve e cômica.

10. No ano de 1987, um jogo side-scrolling baseado na animação foi lançado pela Elite Systems para computadores domésticos, incluindo o Amstrad CPC, Amiga, Atari ST, Commodore 64 e ZX Spectrum. Uma versão do NES foi anunciada, mas nunca chegou ao mercado. Já em 2012, um game baseado no reboot de 2011 foi disponibilizado para o Nintendo DS; o título de plataforma 2D foi desenvolvido pela Aspect e publicado pela Bandai Namco.

Atualizado em 24/01/2021.