Depois do modelo indiano ser um verdadeiro desastre no teste de impacto do Global NCAP, o Renault Kwid fabricado no Brasil recebeu uma série de reforços estruturais para garantir uma maior segurança para seus ocupantes. O resultado disto é que o subcompacto conseguiu três estrelas em proteção para adultos e crianças.

Com toda certeza este não é um excelente resultado, mas é muito melhor do que aquele alcançado pelo Chevrolet Onix, o Ford Ka e o Fiat Mobi. Importante mencionar que o Kwid já sai de fábrica com airbags frontais e laterais. O teste do Kwid foi patrocinado pela Renault.

"É bom ver quão rápido podem reagir os fabricantes em relação com o primeiro Kwid avaliado (versão fabricada na Índia e testada pelo Global NCAP) e esse Kwid brasileiro de três estrelas. É alentador ver os fabricantes respondendo aos testes do Latin NCAP e do Global NCAP, bem como às preferências dos consumidores por uma maior segurança, mesmo nos modelos mais acessíveis.", comentou Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP.

Abaixo você confere o teste de impacto e o relatório elaborado pelo Latin NCAP:



Adultos: "Impacto Frontal: a proteção oferecida à cabeça e ao pescoço do motorista foi boa. A proteção do peito do motorista foi marginal, enquanto a do acompanhante recebia proteção adequada por parte dos sistemas de retenção. Os joelhos do motorista e do acompanhante obtiveram proteção marginal, devido a que poderiam ter impactado contra estruturas perigosas por trás do painel. A tíbia do motorista recebeu proteção adequada e marginal e a do acompanhante, adequada. A área dos pés foi considerada estável, apresentando deformação insignificante. Os pés receberam boa proteção. A estrutura do habitáculo foi considerada estável. Impacto Lateral: O airbag lateral de tórax proporcionou proteção fraca ao peito, porém o carro deu uma proteção adequada ao abdome e à cabeça, e boa proteção à pélvis. O veículo não conta com ESC padrão. O impacto lateral de poste não conseguiu ser realizado, já que o carro não possui airbag de proteção em impacto lateral para a cabeça do adulto. O carro conta com lembrete de cinto (SBR) nos bancos da frente. Tudo isso explica as três estrelas para a proteção do ocupante adulto."

Crianças: "O Sistema de Retenção Infantil (SRI) para a criança de três anos foi instalado olhando para frente utilizando ancoragens ISOFIX e Top Tether, evitando um deslocamento excessivo para frente no impacto frontal por baixo dos limites permitidos. O dummy de um ano e meio foi instalado olhando para trás usando ancoragens ISOFIX, recebendo boa proteção no impacto frontal. Impacto lateral: Os dois dummies crianças ganharam boa proteção. Todos os SRIs avaliados na instalação foram aprovados, salvo nas posições em que se informava, no manual, a exceção da instalação de SRIs. A sinalização e as instruções no veículo sobre as ancoragens ISOFIX eram claras e cumpriam com os requisitos do Latin NCAP. O modelo não oferece cintos de segurança de três pontos em todas as posições, isso explica parte da perda da pontuação. Não é possível desativar o airbag do acompanhante, mas o modelo conta com um espaço, no painel, desenhado para colocar o switch para fazê-lo. Tudo o anterior explica as três estrelas para a proteção do ocupante infantil."