A 9ª temporada de The Walking Dead estrou com o pé esquerdo em termos de audiência. O primeiro episódio da temporada, exibido no último dia 07, foi visto por 6,07 milhões de pessoas entre 18 e 49 anos (principal alvo do mercado publicitário estadunidense) tornando-se a pior estreia desde o lançamento da série, em 2010.

Para efeito de comparação, o primeiro episódio da 8ª temporada foi assistido por 11,43 milhões de pessoas, o que significa que a produção reuniu praticamente metade das pessoas que assistiram a estreia da temporada anterior. Vale lembrar que em 2017, a audiência de estreia da 8ª temporada havia caído 35% em comparação com o ano anterior. Apesar dos baixos números, The Walking Dead garantiu a liderança em audiência para a AMC na TV a cabo.

O segundo episódio da temporada, exibido no último domingo (14), foi visto por 4,9 milhões de espectadores registrando uma decaída de cerca de 20% em relação a estreia. Mesmo com a perda de público, a série novamente permaneceu na liderança. Esta foi a terceira vez na história que The Walking Dead registrou números abaixo da casa dos 5 milhões: anteriormente apenas Guts (4,71 milhões) e Vatos (4,75 milhões), segundo e quarto episódios da primeira temporada, respectivamente, registraram números nesse patamar.

A saída de Andrew Lincoln, interprete de Rick Grimes, ainda não aconteceu, mas parece que os fãs não estão contentes com o novo rumo que a série está tomando. Você pode acompanhar os novos episódios de The Walking Dead no Brasil todos os domingos, às 22h30, no canal Fox.