A Netflix tem planos ousados para manter o seu catálogo sempre cheio de novidades. O próximo passo da gigante de streaming é ter nada menos do que 100 séries de língua não-inglesa em sua plataforma.

Os planos da empresa foram revelados pelo vice-presidente de Produções Internacionais Originais da Netflix, Erick Barmak, durante uma entrevista ao IndieWire. "Cem não é um número particularmente mágico. Ele os daria uma programação robusta na América Latina e na Europa e uma programação inicial na Índia, no Oriente Médio e outras partes da Ásia", afirmou o executivo.

Segundo Barmak, séries em outros idiomas estarão as mais vistas do mundo daqui um tempo. "Esta é uma mudança fundamental na forma como as pessoas consomem TV. Se você olhar só a Netflix, 60% da nossa audiência é internacional. Uma vez que você está dentro de um universo com legendas e dublagens, é provável que esse hábito continue, pelo menos dentro da Netflix", completou.

Erick Barmak ainda explicou que que não há um comitê central que define todas as séries que serão produzidas internacionalmente, isso é uma decisão regional, que cabe aos escritórios da Netflix espalhados por cidades como Amsterdã, Madri, São Paulo e Tóquio. "Eles têm poder para tomar as decisões que consideram melhores para essas regiões".

Originalmente produzidas no Brasil, a Netflix já lançou 3%, O Mecanismo, Samantha!. Aguardemos quais serão os próximos passos tomados pela empresa.