Desenvolvido pela Dontnod Entertainment e publicado pela Square Enix, Life is Strange é um elogiado jogo episódico de aventura point and click, lançado em 2015 (leia a análise aqui). O jogo envolvendo a história de Max Caulfield e Chloe Price foi um enorme sucesso e acabou ganhando um prequel, mostrando detalhes sobre o passado de Chloe, em 2017.

Cabe destacar, de início, que Life is Strange: Before the Storm foi desenvolvido pela Deck Nine Games, estúdio diferente daquele que desenvolveu o primeiro jogo. Apesar da troca de estúdios, o game manteve a essência básica de Life is Strange: as mecânicas são idênticas, com exceção do poder de voltar no tempo que Max possui, tendo sido aqui sido substituído por um sistema de discussões, e a mudança dos coletáveis - fotos por grafites.

Os eventos de Before the Storm acontecem três anos antes de Life is Strange, no período em que Max já havia se mudado de Arcadia Bay. Lugares conhecidos do primeiro jogo podem novamente ser explorados, como a Academia Blackwell e Dormitório Prescott. A história gira em torno da já conhecida Chloe Price, e Rachel Amber, citada várias vezes durante Life is Strange.

A história do jogo é focada no relacionamento de Chloe e Rachel, explorando bem os problemas familiares que cada uma das adolescentes enfrenta. Muitos detalhes da narrativa são contados no diário de Chloe, exigindo uma leitura constante do jogador. O diário de Chloe são basicamente cartas para Max. Uma pena que outros personagens já conhecidos, como como Victoria e Nathan, não tenham suas histórias aprofundadas.

Como mencionei acima, a mecânica de voltar no tempo foi substituída por um sistema de discussões. Mesmo que o game incentive o jogador a utilizá-lo, o sistema em si não é tão legal quanto ao visto no game anterior, baseando-se, basicamente, em prestar atenção nas falas da pessoa com quem se está discutindo para apresentar uma boa resposta com o intuito de vencer o oponente pelo cansaço. Eu em alguns momentos achei o tempo para fazer as escolhas muito pequeno.

Dividido em 3 episódios, mais um episódio bônus, disponível apenas em uma das edições do game, Life is Strange: Before the Storm está disponível para PC, PlayStation 4, Xbox One, Android e iOS. Esta análise foi feita com base na versão do Xbox One.


Considerações finais
Life is Strange: Before the Storm oferece aos jogadores uma nova chance de explorar o universo de Life is Strange. Apesar de não manter o mesmo nível do jogo anterior, é bem provável que Before the Storm agrade àqueles gostaram da aventura vivida por Max e Chloe. O game desenvolve muito bem a relação de Chloe e Rachel Amber, mas peca por não aprofundar na história de outros personagens.

A história do jogo é legal, mas não chega a ser tão impactante quanto a do primeiro jogo. A troca do sistema de fotos pelos grafites foi bem feita, mas o mesmo não se pode dizer sobre o sistema de discussões no lugar do poder de Max de voltar no tempo. Apesar destas ressalvas, é um jogo que vale a pena ser conferido.

Nota
★★★★☆ - 4 - Ótimo


Veja mais sobre Life is Strange:
└ Análise do jogo Life is Strange
└ Análise do jogo The Awesome Adventures of Captain Spirit
└ Análise do jogo Life is Strange 2

➜ Você pode ver análises de outros jogos clicando aqui.