O mercado de consoles de videogames não é para qualquer um: várias empresas chegaram a investir neste ramo, mas somente três resistem até hoje. A novidade da semana é que a produtora Slightly Mad Studios, responsável pela franquia Project Cars, será a próxima companhia a entrar nessa área.

Por meio de uma publicação no Twitter, o CEO do estúdio, Ian Bell, revelou que eles estão trabalhando em um console próprio, o Mad Box. Conforme foi divulgado pelo Variety, o aparelho será lançado em "cerca de três anos" e será um novo concorrente para Xbox e PlayStation. O Mad Box terá compatibilidade com a maioria dos headsets de realidade virtual e terá especificações equivalentes à de "um PC muito rápido daqui a dois anos", sendo, portanto, "o mais poderoso console já fabricado".

Ao ser questionado sobre quais jogos chegarão ao console, Bell afirmou que eles planejam "permitir jogos de todos os desenvolvedores, antigos e novos", acrescentando que os novos desenvolvedores poderão aproveitar o motor gráfico do estúdio de forma totalmente gratuita.


"Achamos que exclusivos são 'excludentes', mas considerando que vamos entregar um motor multiplataforma para os desenvolvedores, será escolha deles", disse Bell. "Por enquanto, não temos planos para pagar os desenvolvedores para 'incentivá-los' a excluírem outros hardwares. Acreditamos que a indústria já seja muito monopolizada ou pelo menos um pequeno oligopólio. Enxergamos a competição como algo saudável e temos os contatos requeridos para que seja criado algo épico com base em nossos designs".

O executivo também garantiu que o Mad Box será distribuído mundialmente. "Estamos nas primeiras conversas com as fabricantes de componentes, então não podemos dizer muito mais agora, além de que já temos o design especificado em detalhes".

Em seu perfil no Twitter, Ian Bell divulgou as primeiras imagens do console, que você confere acima. Vamos aguardar agora quais serão os próximos passos dados pela Slightly Mad Studios.

Texto originalmente escrito para o site Joystick Terrível.