Bodyguard (no Brasil, Segurança em Jogo) é uma série britânica produzida pela World Productions para a BBC. Exibida em 2018, a série se tornou rapidamente um fenômeno, conquistando a maior audiência da TV no Reino Unido nos últimos anos. Onze milhões de pessoas (quase um sexto dos britânicos) assistiram o episódio final da atração criada por Jed Mercurio, também responsável por Line of Duty.

A série e protagonizada pelo sargento David Budd (Richard Madden), que lutou na guerra do Afeganistão e voltou para casa com cicatrizes e traumas psicológicos. Agora, trabalhando na polícia metropolitana de Londres, David é comandante especial de armas de fogo e especialista em proteção. No dia 1º de outubro, enquanto fazia uma viagem de trem com os seus filhos, David nota um movimento estranho dentro dos vagões. O policial então descobre que a polícia britânica de transporte emitiu um alerta sobre um possível homem bomba que tentou embarcar em um trem para Londres. Junto com a segurança local, David consegue surpreender os terroristas em impedir que uma tragédia ocorresse.

A forma com que David lidou com toda a situação lhe rendeu uma promoção. O agente agora vai trabalhar no gabinete ministerial, passando a compor a equipe de segurança da ministra do interior, Julia Montague (Keeley Hawes). Os primeiros contatos de Julia e David não são muito amistosos, mas quando a ministra descobre que seu novo segurança era o agente da lei que impediu a tragédia do dia 1º de outubro, ela passa a ter uma certa admiração pelo soldado. Julia acaba se aproximando de Budd e os dois começam a ter uma relação mais íntima.

Julia faz parte da ala conservadora do parlamento britânico e no passado votou a favor do uso de forças militares britânicas no Iraque e no Afeganistão. Agora, após a tentativa de ataque terrorista ao trem, Julia é autora de um projeto RIPA 18, uma proposta de alteração legislativa que pretende dar mais poderes ao serviço de segurança para que novos ataques terroristas sejam evitados, aumentando a vigilância e o monitoramento das comunicações no Reino Unido. A polêmica proposta gera uma série de protestos no país: manifestantes pedem que privacidade das comunicações pessoais sejam preservadas. Com o seu nome exposto na mídia, Julia acaba virando um alvo em potencial das organizações terroristas, causando também incômodos na classe política.

Como qualquer político, a vida de Julia é repleta de segredos. Muitas de seus posicionamentos vão contra os ideais de Budd, que agora precisa cuidar da sua segurança. O próprio Budd, a pedido da chefe do comando antiterrorista SO15, passa a monitorar, em segredo, a vida pessoal da ministra, fazendo escuta de suas reuniões secretas e observando os seus passos. A forma com que David lidará com suas descobertas está diretamente relacionado com os acontecimentos da história.


Considerações finais
Composta por seis episódios, a primeira temporada de Bodyguard (Segurança em Jogo) apresenta um drama policial e político envolvente. A narrativa explora temais atuais, contando com personagens carismáticos e ótimas reviravoltas. Durante os três primeiros episódios, temos excelentes cenas de ação, enquanto o restante da temporada tem um tom mais calmo, centrando-se nas investigações policiais. O episódio final possui uma duração maior e consegue fechar bem a história.

O trauma psicológico que a guerra causou em David o tornou uma pessoa fria e com dificuldades de se relacionar com sua própria família. Com uma avalanche de coisas acontecendo ao seu redor, David precisa encontrar forças para conseguir seguir em frente. O excelente trabalho do ator Richard Madden, que inclusive ganhou um Globo de Ouro pelo seu papel, retrata isso muito bem. A fotografia e a direção de som também merecem ser elogiadas. Ainda não sabemos de Bodyguard ganhará uma segunda temporada. Independentemente disso, esta é mais uma boa série originária do Reino Unido.

Nota
★★★★☆ - 4