7 franquias de jogos que merecem voltar


Nos últimos anos, temos visto algumas empresas trazendo de volta franquias de games famosas. Para citar alguns exemplos, temos Megaman, Crash BandicootSpyro, e, futuramente, Battletoads e Streets of Rage. Aproveitando essa onda de revisitação do passado, confira a seguir uma lista com sete franquias que merecem uma nova chance no mundo dos games.

Banjo-Kazooie
Banjo-Kazooie, já na sua estreia, conseguiu bater de frente com o primeiro Mario 3D e, posteriormente, a saga evoluiu com Banjo-Tooie, que foi outro sucesso absurdo. Após a compra da Rare pela Microsoft, a desenvolvedora só trabalhou com mais um jogo da série para os consoles de mesa. Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts foi extremamente criticado por ser muito diferente dos anteriores, tendo mudado muito sua essência. Graças a uma péssima recepção por parte dos fãs, a franquia acabou no limbo e nunca mais recebeu um novo jogo.

Conker
Outra franquia da Rare que acabou enterrada após a compra da empresa pela Microsoft foi Conker. Depois que o segundo jogo da série foi lançado para o Nintendo 64, tudo o que tivemos de Conker foi um remake com multiplayer para o Xbox e pequenas aparições do personagem em alguns jogos. Nunca mais tivemos um novo jogo realmente focado no esquilo. Conker's Bad fur Day simplesmente revolucionou o mercado no seu lançamento e um novo jogo do personagem seria muito bom para a Microsoft fortalecer o catálogo do games e conquistar mais a confiança do seu público.

Fable
A franquia Fable foi uma das mais populares do Xbox durante muito tempo e inovou a forma de como as escolhas do jogador podem afetar a história e o mundo do jogo. Atualmente, o console da Microsoft está passando por uma certa carência de jogos do gênero RPG e a volta de Fable seria algo muito positivo. Os fãs da série já esperam há alguns anos um novo Fable de alta qualidade, como foi o caso de Fable II, vencedor de vários prêmios.

Sillent Hill
Sillent Hill é uma das maiores franquias de jogos de terror de todos os tempos. Apesar disso, o tempo foi passando e cada vez menos investimento a série recebeu. A última promessa de retorno foi com "P.T.", uma demo para um futuro jogo da franquia que se chamaria Sillent Hills. Acontece que com a saída de Kojima da Konami, o projeto infelizmente foi cancelado e, desde então, não temos mais nenhuma novidade envolvendo Sillent Hill. Chega a ser triste pensar a pequena demonstração foi o suficiente para revolucionar o mercado de jogos de terror atuais, mostrando o quão promissor o projeto parecia ser.

Prince of Persia
A série Prince of Persia existe desde os anos 1980 e já recebeu diversas versões extremamente aclamadas, tanto pelo público quanto pela crítica especializada. Após o surgimento de Assassin's Creed (que inicialmente seria um novo Prince of Persia), a franquia acabou deixando de receber atenção da Ubisoft e foi, infelizmente, deixada de lado.


Splinter Cell
Outra franquia muito aclamada da Ubisoft é Splinter Cell, que teve o seu último jogo lançado em 2013. Esta é outra série que a Ubisoft, por um motivo que desconhecemos, deixou na geladeira. Mesmo que o seu retorno seja muito pedido pelos jogadores, o agente Sam Fisherj só fez pequenas aparições em outros jogos da Ubi.

Skate
A franquia Skate foi criada pela EA Games e rapidamente se tornou uma das mais importantes no ramo de jogos de esporte. O último jogo da série a ser lançado foi Skate 3, lá em 2010. Muito embora tenha sido bem recebido, a EA acabou desistindo da franquia. O lançamento de um novo Skate seria muito bem-vindo, já que a série Tony Hawk Pro Skater vem decepcionando em seus últimos lançamentos e o mercado enfrenta uma escassez de jogos nesse estilo.
João Pedro Viana

um cara que adora jogar uns joguinhos e assistir umas coisas bem aleatórias.

O que achou desta postagem? Encontrou algum erro? Compartilhe sua opinião!

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade