Se você já jogou The Witcher 3: Wild Hunt certamente sabe que são necessárias várias horas de jogatina para finalizar o game. A cada nova área desbloqueada, inúmeros pontos de interrogação surgem no mapa. Por mais incrível que possa parecer, a equipe responsável pelo roteiro do título ficou preocupada se o jogo teria conteúdo suficiente. A revelação foi feita por Jakub Szamalek, chefe dos roteiristas do game, ao site Eurogamer.

"Estávamos realmente preocupados com a possibilidade de não ter conteúdo suficiente. Imaginamos que talvez o título não tivesse muitas quests, sequências de diálogos ou mesmo o suficiente para manter os jogadores ocupados.", disse Szamalek. "Obviamente estávamos muito enganados porque definitivamente não faltava densidade à experiência - mas foi tão difícil perceber isso enquanto o jogo ainda estava sendo feito.", completou.

"Algo que as pessoas fora da indústria nem sempre percebem é que um jogo é construído com várias peças e você só vê todos elas juntos quando o desenvolvimento já está quase concluído, por isso é difícil planejar problemas imprevistos.", afirmou Szamalek. O roteirista ainda disse que "quando você está trabalhando em uma peça de teatro, pode não ter os figurinos ou o cenário, mas pode ver os atores interpretando as falas, pode imaginar como será - em jogos isso é extremamente difícil. Mesmo que você tenha um objetivo e uma direção claros, pode acabar em um lugar diferente, porque uma certa parte do jogo é cortada ou uma nova mecânica é introduzida e isso exige que você mude o enredo, ou acontece de um testador dizer: no jogo está faltando isso ou aquilo.".

Por se tratar de um jogo onde os jogadores podem explorar e tentar missões de inúmeras maneiras diferentes, a equipe teve que fazer todo um trabalho para conseguir clarear suas ideias. "Tínhamos muitas tabelas, árvores, diagramas e post-its para tentar construir todo o cenário, mas foi extremamente difícil", relatou o roteirista.

Falando sobre as cenas de sexo, o funcionário da CD Projekt RED revelou que ninguém quis escrevê-las. "A certa altura, um produtor entrou na sala de gravação e disse: 'precisamos de 12 cenas com sexo - quem quer escrevê-las?' Ninguém quis fazer isso. Se bem me lembro, escrevi para todos. Foi um processo bastante complicado para todos os envolvidos." Szamalek também explicou a presença destas cenas no game: "Para nós, a questão é que uma cena de sexo não deve ser apenas para mostrar alguns corpos. As pessoas não jogam para ver cenas de sexo - existem maneiras mais eficientes de ver isso, então sempre tentamos criar a cena com razões adicionais - para adicionar um pouco de humor, ou nos contar mais sobre os personagens".

The Witcher 3: Wild Hunt está disponível para PC, Xbox One, PlayStation 4 e Nintendo Switch.

Veja mais sobre The Witcher 3: Wild Hunt:
└ Análise do jogo The Witcher 3: Wild Hunt