Após a misteriosa morte de seu marido, Norma Bates (Vera Farmiga) decide recomeçar sua vida com seu filho, Norman Bates (Freddie Highmore), de 17 anos. Para isso, ela decide deixar o Arizona e se muda com Norman para a cidade de White Pine Bay, no Estado do Oregon. Com o dinheiro do seguro pela morte de seu marido, Norma compra um motel e uma velha casa que pertencia a família Summers. O que ela não esperava é que existe um projeto para a construção de um desvio na cidade que, se for aprovado, será altamente prejudicial para o seu novo empreendimento.

No dia seguinte, Keith Summers (W. Earl Brown) vai até sua antiga casa e diz a Norma que ela e seu filho são inexperientes com aquele tipo de negócio. Depois de alguns insultos, Norma pede para que Keith saia de sua propriedade. Naquele mesmo dia, durante a noite, Keith invade a casa e abusa sexualmente de Norma. Quando Norman chega e encontra Keith estuprando sua mãe, ele imediatamente o ataca. Keith fica atordoado e, quando ameaça se levantar, Norma desfere contra ele uma sequência de facadas.

Até pensar no que fazer com o corpo de Keith, Norma e Norman o carregam para um dos quartos do motel. Como o corpo acaba sujando o carpete do quarto, mãe e filho decidem arrancar o carpete de todos os quartos. Enquanto retiravam os carpetes, Norman encontra um caderno com algumas estranhas imagens e textos em chinês. No meio do processo (já tarde da noite), o xerife Alex Romero (Nestor Carbonell) e seu vice Zack Shelby (Mike Vogel) chegam ao motel. Norma e seu filho tentam agir naturalmente, mas Romero suspeita que tinha acontecido. Romero pede para dar uma olhada nos quartos, mas acaba não encontrando nada. Na noite seguinte, Norma e Norman amarram pesos no corpo de Keith e o desovam na água. Esse era apenas o início dos problemas dos Bates…

Na nova escola, Emma Decody (Olivia Cooke) tenta ajudar Norman em um momento em que ele vomita ao se lembrar do acontecido com Keith. Emma rapidamente se aproxima de Norman, apesar do jovem ser apaixonado por Bradley Martin (Nicola Peltz). Ao ir até a casa de Norman para fazer um trabalho da escola, Emma encontra o caderno que Norman achou debaixo do carpete do motel. Ela pergunta se pode levá-lo com ela e Norman não se opõe. Os dois começam então a investigar um possível caso de tráfico de mulheres chinesas na cidade. Na manhã seguinte, um acontecimento bizarro acontece na cidade: enquanto esperava o transporte para a escola, Norman e suas colegas presenciam um carro desgovernado batendo na estrada: dentro dele estava o pai de Bradley, com o corpo todo queimando.

Dylan, o filho mais velho de Norma e meio irmão de Norman, descobre onde sua mãe está morando e pede abrigo para ela. Em um primeiro momento, Dylan não se dá bem com sua família. Mesmo achando que seu filho mais velho será um grande problema, é Dylan que acaba servindo como ponto de equilíbrio do Bates. A relação de Norma e Dylan é muito complicada, ao ponto dele nem mesmo chamar Norma de mãe. Dylan consegue emprego e começa a trabalhar como vigia de uma gigantesca plantação de maconha que existe na cidade. Seu local de trabalho é o mesmo em que o pai de Bradley frequentava.

Quando um pescador acha a mão de Keith, a investigação do caso fica mais intensa. Romero quer comparar uma fibra que foi encontrada junto com o pedaço do corpo com os antigos carpetes do motel. Como se isso não bastasse, a polícia invade a casa de Norma com um mandado de busca e encontra, debaixo da cama de Norman, um cinto que pertencia a Keith. Para tentar aliviar as coisas, Norma decide se aproximar de Zack Shelby. Sem saber onde estava se metendo, Norma coloca sua própria vida e a de seus filhos em risco.


Considerações finais
Bates Motel é um prequel contemporâneo do filme Psicose (1960), de Alfred Hitchcock. Na série acompanhamos a insana família Bates e a forte relação existente entre Norma e seu Norman. Ela é uma mulher bipolar que tenta proteger seu filho de tudo, ele é um psicopata que parece não ter consciência de suas ações. Dylan aparentemente é a única pessoa normal da família, apesar de seu passado ser um mistério. Assassinatos, tráfico de mulheres, drogas e taxidermia são alguns dos temas recorrentes no ano de estreia da atração. Se Norma buscava um lugar calmo para recomeçar sua vida, a escolha de White Pine Bay não foi acertada. Apesar de ser uma cidade pequena, o local é repleto de segredos e possui suas próprias regras.

Em dez episódios, Bates Motel entrega uma história envolvente e com boas reviravoltas. O episódio de estreia, repleto de fatos marcantes, é, definitivamente, uma boa amostra da temporada. O elenco como foi muito bem escolhido, mas Vera Farmiga e Freddie Highmore são de longe os grandes destaques da série do A&E: o trabalho dessa dupla merece todos os elogios possíveis. Direção e fotografia são bem executados e entregam ótimas cenas. Por fim, o anacronismo presente (mistura do presente com passado) é ótimo e acaba se tornando uma forte característica da série.

Nota
★★★★☆ - 4 - Ótimo


Veja mais sobre Bates Motel:
└ Análise da série Bates Motel (2ª temporada)
└ Análise da série Bates Motel (3ª temporada)
└ Análise da série Bates Motel (4ª temporada)