Por meio de uma transmissão digital realizada ontem (20), a Nokia revelou que voltará a comercializar smartphones no Brasil. Apesar de não anunciar quando as operações começarão a ser feitas, a empresa anunciou que a volta da marca ao país não vai demorar.

Foi Florian Seiche, diretor-executivo da HMD Global, quem deu a informação: "Tenho novidades muito excitantes para nossos fãs no Brasil. Sei que todos vocês esperam pacientemente para colocar suas mãos em um smartphone da Nokia. É um prazer anunciar que os celulares da Nokia chegarão em breve a uma loja perto de você no Brasil", declarou.

Depois de ocupar por anos o posto de maior fabricante de celulares do mundo, a Nokia acabou não enfrentando bem a transição para o mercado de smartphones. Depois de firmar uma longa parceria com a Microsoft, a Nokia acabou sendo adquirida pela gigante de Redmond em 2013. No ano de 2016, depois que a Microsoft passou a estampar a sua própria marca na linha Lumia, a finlandesa HMD Global, por meio de um contrato de licenciamento, adquiriu o direito de usar o nome Nokia em smartphones e feature phones.

Fundada em 2016 por antigos funcionários da Nokia, a HMD Global trouxe a Nokia de volta ao mercado, lançando o primeiro smartphone com o sistema operacional Android em 2017. Aqui no Brasil, o regresso será feito por meio de uma parceria com a Multilaser.

Em nota oficial enviada para a imprensa hoje (20), a empresa brasileira afirmou: "A Multilaser é a parceira local da HMD Global. Nós ajudaremos a empresa a trazer os celulares Nokia para o Brasil. Estamos felizes em trabalhar juntos nessa empreitada, pois eles confiam em nosso conhecimento de mercado e nas relações comerciais bem estabelecidas para trazer as experiências dos celulares Nokia para o país.".

Até o momento, a HMD Global não confirmou quais aparelhos Nokia serão lançados no Brasil.