No último dia 23 de maio, completou-se dez anos que o episódio final de Lost foi exibido na TV. Embora o desfecho tenha desagradado muitas pessoas (não me incluo nesse grupo), é inegável que a série entrou para a história ao apresentar uma história repleta de mistérios.

Para comemorar o décimo aniversário do encerramento de Lost, separamos dez fatos curiosos sobre a atração. Confira:

1. A série começou a ser desenvolvida no inverno de 2003, quando Lloyd Braun, então presidente da ABC, durante uma reunião com os executivos do canal, apresentou a ideia de criar uma série que fosse um cruzamento entre o filme Náufrago (2000) e o popular reality show Survivor (2000). "Lost" foi uma das dezenas de ideias que surgiram na reunião e que foram divulgadas para agências e produtores de Hollywood para ver se algum deles tinha interesse em produzir o projeto. Semanas depois, Jeffrey Lieber manifestou interesse em produzir um projeto para série. Em setembro de 2003, Lieber apresentou sua premissa de criar um "retrato hiperrealista da vida em uma ilha deserta", então chamada "Nowhere", para a ABC; embora ele tenha sido informado originalmente de que seu roteiro para o piloto era bom e precisava apenas de alguns ajustes, Lieber acabou tendo de reescrevê-lo por completo. Por fim, Lloyd Braun, ainda não satisfeito com o roteiro, acabou demitindo Lieber. Nessa altura, já era muito tarde para produzir algo para a temporada 2003/2004. Braun então entrou em contato com JJ Abrams, cuja série Alias: Codinome Perigo era um sucesso na ABC. Abrams se uniu a Damon Lindelof e juntos eles levaram o conceito para uma direção mais "misteriosa", tornando a própria ilha um "personagem", uma ideia que Braun gostou. Apesar de ainda não terem o roteiro real da série, o presidente da ABC deu sinal verde para o projeto.

2. O episódio piloto, dividido em duas partes, foi o mais caro da história da ABC, tendo custando entre US$ 10 milhões e US$ 14 milhões. Um piloto médio geralmente fica em torno de US$ 4 milhões. O alto orçamento concedido por Lloyd Braun para a gravação do piloto desagradou muito a Disney (empresa-mãe da ABC), que acabou demitindo-o antes mesmo da estreia de Lost em razão do executivo ter promovido um projeto tão caro e arriscado. Na época, o conceito do programa foi considerado "um projeto maluco que nunca funcionará" (Michael Eisner, presidente e executivo-chefe da Disney) e "uma perda de tempo" (Bob Iger, vice de Eisner).

3. O voo 815 da Oceanic saiu de Sydney rumo a Los Angeles no dia 22 de setembro de 2004, a mesma data em que o episódio piloto foi exibido pela emissora estadunidense ABC.

4. O único membro do elenco principal que não precisou fazer o teste para a atração foi Terry O'Quinn, que deu vida ao personagem John Locke. JJ Abrams já havia trabalhado O'Quinn anteriormente na segunda temporada de Alias: Codinome Perigo.

5. O personagem de Sawyer foi concebido para ser um vigarista mais velho e natural de Buffalo, NY. No entanto, quando o ator Josh Holloway esqueceu uma frase em sua audição e em seguida chutou uma cadeira e xingou em voz alta, os autores gostaram do estilo que ele deu ao personagem e decidiram retratar Sawyer como um trambiqueiro do sul.

6. Originalmente, Michael Keaton foi escalado para viver o personagem Jack Shephard. No primeiro rascunho do roteiro, Jack seria morto pelo monstro depois que eles chegassem ao cockpit do avião. A ABC alertou os produtores que eles não deveriam matar o persogem tão cedo na série e o roteiro acabou sendo alterado. Depois da mudança, Michael Keaton desistiu do papel, já que não queria se comprometer com um papel regular em uma série.

7. Nas cenas em que Charlie consome heroína, o ator Dominic Monaghan está na verdade cheirando açúcar mascavo.

8. A atriz sul-coreana Yunjin Kim foi originalmente escalada para o papel de Kate. Durante os testes, os produtores chegaram à conclusão de que ela não era o que eles estavam procurando para a personagem. A atriz, no entanto, acabou entrando para o elenco da série, já que os criadores do show decidiram criar uma nova personagem para ela, junto com um cônjuge. Foi então que o casal Sun Kwon e Jin-Soo Kwon surgiu no enredo de Lost.

9. As pedras utilizadas no cenário da caverna, perto da cachoeira, foram feitas de borracha para que o som dos atores e membros da tripulação andando pelo local não fossem captados pelas câmeras.

10. A princípio, o ator Michael Emerson foi escalado apenas para alguns episódios na segunda temporada. Os produtores, no entanto, ficaram tão impressionados com sua performance que decidiram torná-lo parte do elenco regular da série e reescreveram a história de Benjamin Linus (o Ben) para dar a ele um maior destaque.