Na manhã desta segunda-feira (21), a Microsoft pegou todo mundo de surpresa ao anunciar que comprou a ZeniMax Media, empresa controladora da Bethesda Softworks. Agora franquias como The Elder Scrolls, Fallout, Wolfenstein, DOOM, Dishonored, Prey, Quake e Starfield passam a estar no controle da proprietária da marca Xbox. A transação custou US$ 7,5 bilhões para a empresa cofundada por Bill Gates.

Além da publisher Bethesda Softworks, passam a fazer parte do Xbox Game Studios as produtoras Bethesda Game Studios, id Software, ZeniMax Online Studios, Arkane, MachineGames, Tango Gameworks, Alpha Dog e Roundhouse Studios.

Confira abaixo um trecho do texto publicado por Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, para anunciar a aquisição:

"Os jogos da Bethesda sempre tiveram um lugar especial no Xbox e, claro, nos corações de milhões de jogadores. Nossas equipes têm uma excepcional história de trabalho em conjunto, desde o primeiro DOOM e sua engine id Tech, inovando no jogos para PC, até a Bethesda trazendo seu primeiro título de console para o Xbox original: o então inovador The Elder Scrolls III: Morrowind. Ao longo dos anos, tive muitas conversas com os líderes do grupo sobre o futuro dos jogos, e há muito compartilhamos visões semelhantes sobre as oportunidades para criadores e seus games alcançarem ainda mais o público.

Assim como eles deram aquele primeiro passo ousado ​​para trazer a franquia The Elder Scrolls para o Xbox original, a Bethesda também foi um dos primeiros apoiadores do Xbox Game Pass, oferecendo seus jogos para novos públicos em todos os dispositivos. Sem contar com o investimento ativo em novas tecnologias de jogos, como streaming a partir da nuvem. Vamos acrescentar franquias icônicas da Bethesda ao Xbox Game Pass para console e PC. Uma das coisas que me deixa entusiasmado é ver o roadmap dos futuros jogos Bethesda. Alguns já anunciados e muitos ainda no planejamento. E falo de Xbox e PC, incluindo Starfield, o novo épico espacial em desenvolvimento pela Bethesda Game Studios.

Como nós, a Bethesda acredita na construção de uma ampla gama de experiências criativas, seja na exploração de novas franquias ou na hora de contar histórias de maneiras ousadas. É claro que todo o excelente trabalho que eles estão realizando vai continuar e se desenvolver ainda mais. Estamos ansiosos para empoderá-los com recursos e o suporte da Microsoft, garantindo que eles possam expandir sua visão criativa para mais jogadores.

Todo o nosso trabalho e a base do nosso relacionamento com você começam com o compromisso de fornecer uma variedade de jogos incríveis para descobrir e jogar no Xbox. Nas últimas semanas, ficamos entusiasmados em compartilhar mais detalhes sobre elementos importantes de um plano que estamos construindo há anos. Trata-se do cumprimento de uma promessa, para você, jogador do Xbox. O de oferecer experiências de jogo de última geração com o máximo desempenho, imersão e compatibilidade, além da liberdade de jogar títulos de sucesso com seus amigos, a qualquer hora e em qualquer lugar. Hoje é um marco em nossa jornada juntos e estou muito empolgado com o que esta etapa significa para o Xbox."

Pete Hines, vice-presidente de relações públicas e marketing da Bethesda Softworks, também comentou sobre a aquisição no site oficial da Bethesda: "Então, por que a mudança? Porque nos permite fazer jogos ainda melhores daqui para frente. A Microsoft é um parceiro incrível e oferece acesso a recursos que nos tornarão melhores editores e desenvolvedores. Acreditamos que isso significa melhores jogos para você jogar. Simplificando - acreditamos que a mudança é uma parte importante para melhorar. Acreditamos em nos esforçar para sermos melhores. Inovar. Crescer".

Com isso, a Microsoft passa agora a ser proprietária de 23 estúdios