Prison Break começou a ser exibida em 2005 e rapidamente se tornou um sucesso de audiência. Em 2017, quase oito anos após a exibição do capítulo final da quarta temporada, a série foi revivida e ganhou novos episódios.

Abaixo, nós elencamos dez curiosidades para você conhecer um pouco dos bastidores da atração.

1. O criador da série, Paul T. Scheuring, disse que o conceito inicial (um homem ser mandado intencionalmente para a prisão a fim de fugir de lá) lhe foi sugerido por uma colega sua, Dawn Parouse. Scheuring achou que era uma ótima ideia, mas inicialmente não entendeu por que alguém iria embarcar em uma missão tão estranha ou como ele poderia fazer uso da ideia em uma série de TV. Mais tarde, ele teve a ideia do irmão ser acusado injustamente e toda a subtrama envolvendo a conspiração. Foi então que Paul começou a escrever o roteiro do episódio piloto.

2. A ideia do programa foi originalmente apresentada à Fox em 2003, mas foi rejeitada pela emissora, que ficou receosa quanto as possibilidades que uma série com essa temática poderia ter a longo prazo. Posteriormente, foi considerado produzir uma minissérie de 10 episódios, que supostamente atraiu o interesse de grandes nomes da indústria cinematográfica, como Steven Spielberg e Bruce Willis. No entanto, a minissérie nunca saiu do papel. Após a enorme popularidade de séries como 24 Horas e Lost, a Fox mudou de ideia e apoiou a produção em 2004.

3. A Fox originalmente encomendou treze episódios para a atração, mas devido ao sucesso do programa o canal estendeu a série para uma temporada completa, com 22 episódios.

4. O ator Wentworth Miller foi escolhido para interpretar o personagem Michael Scofield de última hora; ele começou a gravar a série cerca de uma semana após ter sido escalado para o papel. Por outro lado, a atriz Sarah Wayne Callies, que dá vida a médica Sara Tancredi, foi a primeira a ganhar um papel.

5. Para tirar seu irmão da prisão, Michael tatuou todo o plano de fuga no seu corpo. Para fazer a gravação das cenas, a equipe de produção demorava 4 horas e 30 minutos para aplicar as tatuagens no ator Wentworth Miller. A tatuagem foi desenhada pelo tatuador Tom Berg, que foi convidado para trabalhar no programa depois de ter feito a tatuagem do personagem Francis Dolarhyde no filme Dragão Vermelho. Berg estimou que fazer a tatuagem de verdade levaria quatro anos e custaria entre US$ 15.000 e US$ 20.000. Em razão de todo esse trabalho, Michael é constantemente visto na série utilizando blusas de manga comprida.


6. Durante o seu período de exibição, Prison Break foi proibida em treze presídios estadunidenses. A medida provavelmente foi tomada para evitar que as ações retratadas na série inspirasse os detentos a praticar qualquer tipo de ação.

7. Vários personagens têm nomes ou sobrenomes de presidentes e políticos. Lincoln Burrows e Theodore Bagwell (T-Bag) receberam os nomes dos presidentes Abraham Lincoln e Theodore Roosevelt. Michael Scofield, Benjamin Miles Franklin (C-Note) e Alexander Mahone tiveram seus sobrenomes escolhidos em homenagem aos políticos Edward Scofield, Benjamin Franklin e William Mahone. Paul Kellerman recebeu o sobrenome de Roy Kellerman, o agente do Serviço Secreto que estava na limusine do presidente John F. Kennedy no momento de seu assassinato.

8. Stacy Keach, o diretor da prisão, passou seis meses em uma prisão britânica e modelou o seu personagem com base no homem que era encarregado daquela instituição.

9. As gravações da primeira temporada de Prison Break foram realizadas no presídio Joliet Correctional Center, localizado no estado de Illinois, e em estúdio. Algumas cenas, inclusive, foram filmadas na cela de John Wayne Gacy, um famoso serial killer conhecido como "Palhaço Assassino". Como o presídio Joliet só possuia dois andares de celas, as cenas em que vemos três andares foram filmadas em estúdio.

10. O nome da prisão, Fox River, compartilha o nome de um rio que passa pelo estado de Illinois. O rio não está muito distante do local das filmagens na antiga penitenciária Joliet.

Curiosidades sobre Prison Break