Microsoft adquire a Activision Blizzard por US$ 68,7 bilhões


A Microsoft anunciou, nesta terça-feira (18), a compra da Activision Blizzard, empresa responsável por franquias como Call of Duty, World of Warcraft, Diablo, Crash Bandicoot, Spyro e Overwatch. A aquisição foi originalmente reportada pelo Wall Street Journal, sendo confirmada minutos depois pela companhia cofundada por Bill Gates. 

"Quando a transação for confirmada, a Microsoft se tornará a terceira maior companhia de games em termos de receita, atrás da Tencent e da Sony", diz o comunicado oficial. "A aquisição planejada inclui franquia icônicas dos estúdios da Activision, Blizzard e King, além de atividades globais de esports por meio da Major League Gaming. A companhia tem estúdios ao redor do mundo com mais de 10 mil funcionários."

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, comentou sobre a transação: "Games são a forma de entretenimento mais dinâmica e excitante em todas as plataformas nos dias atuais, e terão um papel chave no desenvolvimento de plataformas do metaverso. Estamos investindo profundamente em conteúdo, comunidade e nuvem de classe mundial para trazer uma nova era para os games que colocarão jogadores e criadores em primeiro lugar, e farão jogos seguros, inclusivos e acessíveis a todos."

No Xbox Wire, o chefe da divisão Xbox, Phil Spencer, também se pronunciou sobre o negócio: "Ao longo de muitas décadas, os estúdios e equipes que compõem a Activision Blizzard conquistaram a alegria e o respeito de bilhões de pessoas ao redor do globo. Estamos incrivelmente empolgados por ter a chance de trabalhar com as pessoas incríveis, talentosas e dedicadas da Activision Publishing, Blizzard Entertainment, Beenox, Demonware, Digital Legends, High Moon Studios, Infinity Ward, King, Major League Gaming, Radical Entertainment, Raven Software, Sledgehammer Games, Toys for Bob, Treyarch e todas as equipes da Activision Blizzard.".

Segundo Spencer, assim que a compra for concluída, o maior número possível de jogos da Activision Blizzard serão incluídos no Xbox Game Pass e no PC Game Pass, que juntos já ultrapassaram a marca de 25 milhões de assinantes. A Microsoft também pretende continuar apoiando as comunidades que estão em plataformas fora do seu ecossistema.

Em julho de 2021, o governo do estado da Califórnia abriu um processo contra a Activision Blizzard para investigar diversas denúncias sobre as más condições de trabalho na companhia. Foram relatados casos de assédio moral e sexual contra empregadas mulheres e racismo contra grupos marginalizados. A resposta inicial de desprezo da companhia fez com que o CEO Bobby Kotick fosse amplamente criticado e diversos funcionários pediram demissão.

Em sua manifestação, Spancer fez questão de reforçar o papel de inclusão que vem sendo adotado pela Microsoft na comunidade gaming: "Como empresa, a Microsoft está comprometida com nossa jornada em prol da inclusão em todos os aspectos dos games, incluindo funcionários e jogadores. Valorizamos profundamente as culturas de estúdio individuais. Acreditamos também que o sucesso e a autonomia criativa andam de mãos dadas com o tratamento digno e respeitoso de todas as pessoas. Mantemos todas as equipes e todos os líderes nesse compromisso. Estamos ansiosos para estender nossa cultura proativa de inclusão para as grandes equipes da Activision Blizzard."

Por enquanto, Bobby Kotick permanece na liderança da Activision Blizzard, mas assim que a negociação for fechada, todos se reportarão a Phil Spencer, como ele deixou bem claro: "Até que esta transação seja concluída, a Activision Blizzard e a Microsoft Gaming continuarão operando de forma independente. Assim que o acordo estiver concluído, a Activision Blizzard reportará a mim como CEO da Microsoft Gaming.".

Segundo o WSJ, a Microsoft pagará em dinheiro o valor de US$ 68,7 bilhões (aproximadamente R$ 382 bilhões, em conversão direta), o que faz dessa a maior aquisição do mercado de jogos. No ano passado, a gigante de Redmond adquiriu a ZeniMax Media por US$ 7,5 bilhões
Herbert Viana

Criador do Portal E7, Herbert é advogado, amante de games e séries. Gamertag/ID: "HerbertVFV". twitter

O que achou desta postagem? Encontrou algum erro? Compartilhe sua opinião!

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade