Console brasileiro GF1 Neptune une nostalgia e inovação


A GamesCare em breve disponibilizará no mercado o GF1 Neptune, console de videogame totalmente desenvolvido no Brasil. Através de tecnologia FPGA, o GF1 Neptune combina as capacidades dos hardwares clássicos do Master System, Mega Drive e do 32X num único dispositivo, oferecendo compatibilidade total com acessórios como o Sega CD, controles, cartuchos e novos periféricos que serão anunciados futuramente.

O GF1 Neptune foi pensado para jogadores nostálgicos, oferecendo reprodução perfeita de clássicos atemporais e acesso a serviços próprios e exclusivos através da rede de seu sistema. Além disso, o console é uma plataforma amigável para criadores expressarem seus talentos e ideias, especialmente na cena de desenvolvimento de jogos independentes. Segundo a GamesCare, o dispositivo contará com inúmeros jogos lançados pela comunidade, muitos disponíveis gratuitamente.

Durante a Gamescom Latam 2024, foi divulgado o trailer do primeiro jogo exclusivo para o GF1 Neptune: Sword of the Apocalypse, do estúdio brasileiro Versão LTDA.

Jogo de ação em plataformas, Sword of the Apocalypse conta a história de um jovem ninja chamado Takeda, que vê seu destino ser drasticamente alterado após a aparição de uma espada que tem o poder de destruir o mundo caso caia nas mãos ambiciosas do lendário senhor da guerra , Oda Nobunaga.


O GF1 Neptune conta com as seguintes características:
  • Conexão HDMI com resolução de 1080 linhas progressivas e áudio digital.
  • Entrada para cartão SD, facilitando atualizações e armazenamento de mídia.
  • Conexão sem fio de alta velocidade com a internet para acesso a recursos e conteúdos exclusivos.
  • Porta de conexão com o hardware original Sega CD e futuros periféricos.
  • Saída de som e vídeo analógica de alta qualidade para os jogadores mais exigentes.
  • Compatibilidade nativa para rodar jogos de Mega Drive, 32X e Master System (necessário uso de periférico conversor vendido separadamente)

A data de lançamento do GF1 Neptune não foi divulgada.
E7

Perfil da redação do Portal E7.

O que achou desta postagem? Encontrou algum erro? Compartilhe sua opinião!

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade