10 curiosidades sobre a série animada Os Apuros de Penélope Charmosa


Na segunda metade do século XX, a Hanna-Barbera ficou conhecida por criar várias séries animadas de enorme sucesso. Em Os Apuros de Penélope Charmosa (The Perils of Penelope Pitstop, no original), a jovem Penélope lidava com as ações de Tião Gavião, seu tutor disfarçado que tentava matá-la para ficar com sua herança.

A seguir, você confere dez curiosidades sobre essa clássica animação.

1. Spin-off de Corrida Maluca, Os Apuros de Penélope Charmosa foi inspirado na série de filmes de melodrama Os Perigos de Paulina (The Perils of Pauline, no original), de 1914.

2. Contando com dezessete episódios, Os Apuros de Penélope Charmosa teve apenas uma temporada produzida e foi originalmente exibido pela CBS de 13 de setembro de 1969 a 17 de janeiro de 1970. No Brasil, a atração foi transmitida na TV aberta pela Rede Manchete e SBT.

3. Nos primeiros esboços da série, Penélope teria um irmão mais jovem chamado Johnny, que ajudaria a Quadrilha de Morte a salvá-la das garras de Tião Gavião. Dick Vigarista e Muttley seriam os guarda-costas pessoais de Johnny e usariam novamente seu veículo, a Máquina do Mal. Em outra ideia descartada, Dick Vigarista era o vilão no lugar de Tião Gavião. Apesar de nunca terem aparecido em Os Apuros de Penélope Charmosa, os dois personagens ganharam a sua própria série, Dick Vigarista e Muttley, também lançada em 1969.

4. Apesar de ser um spin-off, nenhuma referência a Corrida Maluca é feita, mas no episódio de estreia, ao capturar Penelope, Tião Gavião diz: "Quem você esperava, Dick Vigarista?". Na segunda dublagem brasileira, o nome do personagem foi omitido e no seu lugar o antagonista diz: "Quem você esperava, o lobo mau, filha?".

5. A Quadrilha de Morte que aparece em Os Apuros de Penélope Charmosa é ligeiramente diferente da vista em Corrida Maluca. O grupo ainda é formado por sete membros, mas eles possuem algumas diferenças visuais e praticamente todos tiveram os seus nomes alterados, com exceção de Clyde.

6. Além da mudança no nome dos personagens, o Carro-à-Prova de Balas, que a Quadrilha de Morte utilizava nas corridas, foi substituído pelo Chuga-Boom, um veículo com vida própria.

7. O Carrinho pra frente, pilotado por Penélope na Corrida Maluca, nunca apareceu na série. Ao invés dele, a personagem é vista andando em um conversível esportivo verde.

8. Tião Gavião se transformou duas vezes entre suas duas identidades na frente de Penélope. A primeira vez não foi tão óbvia, já que ele estava curvado atrás de uma mesa, mas na segunda ela se recusa a acreditar na verdade e considera isso um insulto ao seu tutor, Silvester Soluço.

9. Na dublagem original, Paul Lynde não aparece na seção de vozes dos créditos finais. Isso ocorre porque seu agente recomendou que ele não fosse listado, pois que acreditava que isso prejudicaria sua credibilidade, embora todos soubessem que era a voz dele.

10. Conforme mencionado anteriormente, a série teve duas dublagens no Brasil, a primeira feita pelo Dublasom Guanabara e a segunda pelo Cinevídeo. O elenco da primeira versão conta com Juraciara Diácovo, Arthur Costa Filho, Milton Rangel, Carlos Alberto de Mendonça, Luís Manuel, Mário Monjardim, Milton Villar, Rafael de Almeida, Otávio França, Orlando Prado e Allan Lima. Já a segunda dublagem tem as vozes de Andrea Murucci, Mauro Ramos, Silvio Navas, Duda Espinoza, Oberdan Júnior, Clécio Souto, Pedro Eugênio, Guilherme Briggs, Ettore Zuim, Christiano Torreão e Ricardo Vooght.

Atualizado em 09/05/2024.
E7

Perfil da redação do Portal E7.

1 Comentários

O que achou desta postagem? Encontrou algum erro? Compartilhe sua opinião!

  1. Se fosse politicamente correto, Penélope fugiria do Tião Gavião e o vilão fugiria do sapato de cimento sob medida que a equipe do Clyde tinha preparado para ele e seus capangas cabeça-ocas... Afinal, não se mexe com a "famiglia"

    ResponderExcluir
Postar um comentário
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade