Aqui no Brasil, as propagandas na TV são feitas de acordo com o fuso horário de Brasília. Os Estados Unidos também possui mais de um fuso horário, mas lá as chamadas dos programas sempre exibem dois horários. Antes de seguir com o assunto, vamos retornar às aulas de geografia e conhecer quais são os fusos horários do país, excluindo o Alasca e o Havaí.

Hora do Pacífico: fuso -8
Horário das Montanhas: fuso -7
Horário Central: fuso -6
Horário Leste: fuso -5


Agora que já identificamos os fusos horários do país, vamos entender o que  8/7c, 9/8c e 10/9c significam. O primeiro número é a hora em que a atração será exibida no horário Leste, enquanto o segundo número, depois da barra e sempre acompanhado de um "c", é a hora em que o mesmo programa será transmitido no horário Central. Normalmente, os programas de TV nos EUA são anunciados de acordo com esses dois fusos horários. Às vezes, você pode ver um "p" no lugar do "c", representando o horário do Pacífico. O horário das Montanhas, no entanto, nunca aparece nas propagandas, já que geralmente ele segue a programação de outro fuso horário.

As emissoras geralmente transmitem pelo menos duas programações para suas estações próprias e afiliadas: o "feed oriental", que é veiculado simultaneamente nos fusos horários leste e central, e o "feed do oeste", com atraso de três horas, para o fuso horário do Pacífico. Isso garante que um programa que, por exemplo, vai ao ar às 20h na costa leste também seja retransmitido localmente às 20h na costa oeste. Algumas redes de TV do fuso horário da montanha fazem uso do "feed do oeste", enquanto outras obtêm uma mistura dos feeds leste e do Pacífico. Já os eventos ao vivo, como jogos esportivos, costumam ser transmitidos simultaneamente em todo o país.

Então, se você quiser assistir Blue Bloods na CBS às sextas-feiras (10/9c), você deverá ligar a TV às 22 horas nos fusos horários do Leste e do Pacífico e às 21 horas nos fusos horários Central e das Montanhas