A Microsoft estará adotando uma nova estratégia no mercado mobile a partir de 2016, como já foi relatado aqui. A falta de um smartphone top de linha no mercado nos últimos meses fez com que a divisão de celulares adquirida da Nokia registrasse prejuízo, fazendo a Microsoft fichar pela segunda vez na sua história um trimestre no vermelho.

As vendas da linha Lumia subiram, mas a ausência de um smartphone mais parrudo fez com que a empresa ganhasse 68% menos dinheiro, já que a atual linha mobile é composta de aparelhos de entrada e intermediários. Para reverter este quadro, a Microsoft deve apresentar o sucessor do Lumia 930 neste ano, e ele deve ser um dos primeiros modelos a contar com o Windows 10.

O site Windows Central descobriu a existência de dois aparelhos, conhecidos por enquanto pelos codinomes "Cityman" e "Talkman". Ambos contam com tela AMOLED com resolução de 2560×1440 pixels, processador Snapdragon, 3 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento, expansível com microSD.

Além destas especificações, o site ainda revelou que os dois aparelhos terão scanner de íris para desbloquear o dispositivo e suporte para canetas stylus que "se parece exatamente com a Surface Pen prateada para o Surface Pro 3". No entanto, fontes afirmam que o scanner de íris  pode não funcionar no lançamento, sendo habilitado em uma atualização de software poucos meses depois.

Nos próximos meses descobriremos se estas informações são verdades ou não.