Nesta quinta-feira (14) a Netflix anunciou que irá reajustar o preço dos seus planos no Brasil. O aumento varia entre 10,05% e 21,10%. Este é o primeiro aumento no preço da Netflix desde 2017, quando a empresa alterou os valores dos planos padrão e premium, mas manteve os custos do plano básico.

Em janeiro deste ano, a Netflix aumentou os valores das assinaturas nos EUA e em outros países nos quais a cobrança é feita em dólar. O aumento agora chega para os assinantes do serviço de streaming no Brasil e no México.

"Mudamos nossos preços de tempos em tempos para continuar investindo no melhor do entretenimento, além de melhorar a experiência da Netflix para nossos membros no Brasil", disse a empresa em comunicado.

Como ficaram os novos valores
O plano básico, que oferece tela única e qualidade abaixo de HD, foi o que menos sofreu com o reajuste. O plano básico passou de R$ 19,90 para R$ 21,90 por mês, um aumento de 10,05%.

Com um reajuste de 17,92%, o plano padrão subiu de R$ 27,90 para R$ 32,90. Neste plano são oferecidas duas telas simultâneas e resolução de imagem em HD.

Já o plano premium foi o que mais sofreu com os novos valores. Antes, para ter acesso a quatro telas simultâneas e resolução de imagem em Ultra HD (4K), os assinantes pagavam mensalmente R$ 37,90. Agora, com o reajuste de 21,10%, o plano passou a custar R$ 45,90.

Quando será implementado o reajuste
Segundo a assessoria de imprensa da Netflix, esse aumento será imediato para todos os novos membros (ou seja, quem se inscrever no serviço a partir desta quinta, 14 de março). Aqueles que já são membros receberão notificações por e-mail e pelo aplicativo da Netflix avisando quando o aumento passará a valer para eles.

Foi informado ainda que não há um período específico de quando o valor passará a valer para os que já são assinantes, já que a alteração depende do ciclo de cobrança individual de cada usuário