Atenção: o texto a seguir possui spoilers do décimo quinto episódio da nona temporada de The Walking Dead.

A showrunner Angela Kang, em entrevista concedida ao site Entertainment Weekly, revelou como Alpha (Samantha Morton), líder dos Sussurradores, conseguiu capturar Henry (Matt Lintz), Enid (Katelyn Nacon), Tara (Alanna Masterson) e as outras vítimas que tiveram suas cabeças fixadas em estacas.

"Creio que foi um uma mistura de estratégias. Como por exemplo naquele momento em que Henry teve que ir verificar o problema com os canos. Aquilo estava realmente acontecendo? Ou foi algo que eles criaram para atrair pessoas? É bem similar aos quadrinhos.", explicou a produtora.

"As pessoas foram enganadas para ir com eles, o que acho aterrorizante. Ela é capaz de colocar uma peruca e um chapéu para parecer totalmente diferente e caminhas pela feira. Ela parece completamente diferente, com cabelos compridos e um vestido esvoaçante. Acho que há muito horror nisso, a sensação de que alguém pode te pegar de dentro de uma multidão gigantesca.", disse Angela Kang.

A showrunner ainda completou: "Nós realmente não queremos entrar nos detalhes de como aconteceu, pois, em algumas situações é mais aterrorizante não ver como aconteceu. Mas eu acho que era uma questão de enganar as pessoas a irem em locais onde poderiam tirar vantagem e então nocauteá-las rapidamente, amarrá-las e por aí vai."

Escolhas das vítimas
Angela Kang também contou como foi feita a escolha dos dez personagens que foram vítimas da ação dos sussurradores, e, consequentemente, deixarão a série.

"Conversamos bastante sobre isso, pois é bem difícil decidir quem morre, e quando há mortes na série. Às vezes é por causa da trama e as vezes, como no caso do Andrew [Lincoln] é por motivos pessoais. Há questões contratuais. Há várias coisas a serem consideradas. Neste caso, amamos todos os nossos atores. Nós sabíamos que algumas daquelas pessoas estariam nas estacas desde o momento que os contratamos para a série. Selecionamos especificamente Brett Butler como Tammy sabendo qual seria o destino dela. E já tínhamos lhe avisado isso quando a contratamos.", revelou Kang ao Entertainment Weekly.

"Há outros personagens que estavam conosco por um tempo. E em alguns casos, como Tara, por ser líder de Hilltop, Alpha tinha motivos pessoais, havia uma espécie de revanchismo. E há pessoas que foram mortas quase aleatoriamente. E então descobrimos que entre as vítimas haviam pessoas que tentaram fazer uma atitude heroica, como o DJ e aqueles Salteadores. Na verdade, é um misto de coisas, porque, de certa forma, achamos que foi um ato de terrorismo da parte da Alpha. E o que deixa isso aterrorizante é que não se entende se há exatamente um porquê de que ter escolhido aquelas vítimas especificamente. E isso é algo muito importante.", finalizou.

Veja mais sobre The Walking Dead:
└ Série The Walking Dead ganhará um novo spin-off
└ Análise da série The Walking Dead (9ª temporada)