Atenção! O texto a seguir contém spoilers da segunda temporada de Lost.

Tentando resgatar seu filho para fugir da ilha, Michael (Naveen Andrews) aceita entregar Jack (Matthew Fox), Kate (Evangeline Lilly), Sawyer (Josh Holloway) e Hurley (Jorge Garcia) para os "Outros". Embora o plano de Michael tenha sido descoberto, ainda assim os quatro sobreviventes foram capturados por Ben (Michael Emerson) e seu grupo. O único a ser libertado é Hurley, que recebe a missão de voltar para a praia e avisar o restante do grupo para não retornar àquela região.

No início da terceira temporada, um pequeno flashback mostra o exato momento em que os habitantes da ilha viram o avião da Oceanic Airlines desintegrar-se no ar. Ben imediatamente mandou dois de seus homens até os destroços da calda e da fuselagem da aeronave, o que justifica o desaparecimento de várias pessoas que estavam naquela parte do avião e a inserção de Ethan (William Mapother) no grupo de Jack como um falso sobrevivente. De volta ao presente, Jack, Sawyer e Kate são levados até uma ilha vizinha, local em que os "Outros" possuem uma instalação. Colocados em jaulas de zoológico, Sawyer e Kate são obrigados a trabalhar, ao passo que o médico recebe um tratamento diferenciado, sendo mantido em uma sala fechada, onde tem encontros com Ben e Juliet (Elizabeth Mitchell).

Enquanto isso, Sayid (Naveen Andrews), Jin (Daniel Dae Kim) e Sun (Kim Yoon-jin) seguem com o plano original de tentar surpreender os "Outros" no outro lado da ilha. Como não encontraram ninguém do grupo rival no local anteriormente combinado com Jack, os três preparam uma armadilha para tentar chamar a atenção. Ao descobrir que o trio estava em um barco, Ben manda seus homens até o local para pegar a embarcação. À noite, Sayid e Jin se escondem na selva, enquanto Sun fica no convés. Assim que os homens de Ben entram no barco, Sun se esconde e acaba baleando uma mulher. No meio da confusão, Sun consegue escapar e os três retornam para o acampamento.

Quando os "Outros" chegam na segunda ilha, com a mulher que foi baleada por Sun, Juliet rapidamente pede ajuda para Jack. Apesar de também ser médica, Juliet não era cirurgiã. Jack faz tudo o que estava ao seu alcance, mas a falta de bateria no desfibrilador limitou a sua atuação. Enquanto esteve na ala médica, Jack notou a presença de algumas chapas de raio-x e logo percebeu porque estava ali. Depois que o cirurgião dos "Outros", Ethan, foi morto por Charlie (Dominic Monaghan), o grupo não possuía nenhuma outra pessoa capaz de realizar procedimentos cirúrgicos complexos.

Confrontando o líder dos "Outros", o médico menciona que sabe que Ben está com um tumor na coluna e lembra que somente ele poderia salvá-lo. Apesar de Juliet pedir para Jack deixar Ben morrer durante a cirurgia, ele realiza o procedimento e salva a vida de Ben. As coisas, no entanto, não foram tão simples assim: no meio da operação, Jack exigiu que seus companheiros fossem imediatamente libertados. Contando com a ajuda de Alex (Tania Raymonde), Kate e Sawyer tentam deixar o local, mas acabam sendo perseguidos. No momento em que estavam embarcando, Juliet aparece, mata os "Outros" que estavam atrás dos fugitivos e permite que eles saiam da ilha, com exceção de Alex. Quando Ben se recupera, Jack e Juliet conseguem a autorização dele para deixar aquele local.

Com o retorno de Sawyer e Kate, os sobreviventes tentam seguir com suas vidas, mas Kate quer ir atrás de Jack. Depois de encontrar uma transcrição no cajado de Eko (Adewale Akinnuoye-Agbaje), Locke (Terry O'Quinn) acredita que eles conseguirão ir até o local em que os "Outros" estão instalados. Junto com Sayid, Kate e Rousseau (Mira Furlan), Locke chega à estação Chama, onde encontra Mikhail (Andrew Divoff), um ex-soldado soviético e membro do grupo de Ben. Lá, eles conseguem mapas e documentos capazes de os guiar até o acampamento dos "Outros" em que Jack estava. Isso é apenas o começo...

Ao longo da temporada, alguns fatos marcantes acontecem. Locke não quer sair da ilha e, em uma atitude egoísta, também não quer que os demais sobreviventes deixem o local. Sempre que uma possibilidade de comunicação com o mundo exterior ou uma chance de abandonar a ilha surge, Locke encontra uma forma de sabotá-la. Desmond (Henry Ian Cusick) passa a ter visões sobre eventos trágicos ligados a um dos sobreviventes e começa a evitar que eles aconteçam. Já Hurley encontra uma Kombi abandonada no meio da floresta e está disposto a fazer com que ela funcione. Dois importantes eventos relacionados ao veículo acontecem no decorrer do terceiro ano.


Considerações finais
O grande foco da terceira temporada de Lost está nos "Outros", o grupo de pessoas que habitava a ilha antes do avião cair. Durante os vinte e três episódios, descobrimos que de fato coisas sobrenaturais acontecem naquele local, o que obrigou os humanos a se adaptarem. Mas nem todas as soluções ainda foram encontradas, motivo pelo qual a pesquisadora Juliet foi levada até a ilha. Ben se mostra ser um homem manipulador e, aos poucos, vai perdendo credibilidade até mesmo entre o seu pessoal.

Nesta temporada temos uma breve participação do brasileiro Rodrigo Santoro. O ator deu vida a Paulo, um dos sobreviventes da queda do avião. Acontece que Paulo e sua amante, Nikki (Kiele Sanchez), nunca tinham aparecido na série, o que faz com que a adição dos dois personagens nessa altura do campeonato seja bastante estranha, fato que não se encaixa com toda a história que foi construída até aqui.

A atração segue com a mesma estrutura básica vista nas temporadas anteriores. A novidade fica por conta dos flashforwards introduzidos nos dois últimos episódios, que são realmente surpreendentes. Lost mais uma vez entregou uma boa temporada, com direito a um grande desfecho. Estou agora curioso para descobrir quem realmente sabe o que acontece nessa misteriosa ilha.

Nota
★★★★☆ - 4 - Ótimo


Veja mais sobre Lost:

Análises: