Nesta quinta-feira (30), a Nintendo confirmou que o Switch ultrapassou a marca de 52,48 milhões de unidades vendidas em todo o mundo desde o seu lançamento. Depois de ter ultrapassado as vendas do Nintendo 64 no ano passado, o console híbrido da empresa japonesa agora superou outro irmão, o SNES.

Lançado no Japão em 1990, o Super Nintendo Entertainment System vendeu 49,1 milhões de unidades ao longo de sua história. Se continuar com esse mesmo ritmo de vendas, o Switch muito em breve superará o NES, que teve 61,9 milhões de unidades comercializadas, e se tornará o segundo console de mesa mais vendido da Nintendo. No campo dos portáteis, o Switch ainda vê um pouco distante seus antecessores, sendo apenas o quinto mais vendido.

Segundo a Nintendo, somente no último trimestre de 2019 foram enviadas paras as lojas 10,81 milhões de unidades do Switch, um aumento de 14,87% em relação ao mesmo período de 2018, quando a empresa colocou no mercado 9,41 milhões de consoles. A companhia ainda revelou que 64,64 milhões de jogos foram vendidos durante os três últimos meses do ano passado.

Em razão dos resultados positivos, a Nintendo reajustou suas expectativas de venda para o atual ano fiscal, que se encerra em março: o número total de unidades foi elevado de 18 milhões para 19,5 milhões.