A Amazon anunciou, nesta quarta-feira (26), a compra do MGM Studios por US$ 8,45 bilhões (cerca de R$ 45 bilhões). Esta é a segunda maior aquisição da companhia fundada por Jeff Bezos, ficando atrás apenas da aquisição da Whole Foods, em 2017, por US$ 13,7 bilhões.

As duas partes "concluíram um acordo de fusão definitiva com base no qual a Amazon vai adquirir a MGM por um preço de compra de US$ 8,45 bilhões", anunciou a empresa. "A MGM tem quase um século de história cinematográfica e complementa o trabalho da Amazon Studios, que se concentra principalmente na produção de programas para TV. A Amazon ajudará a preservar o patrimônio e o catálogo de filmes da MGM e fornecerá aos clientes maior acesso a essas obras. Por meio dessa aquisição, a Amazon vai empoderar a MGM a continuar a fazer o que faz melhor: contar ótimas histórias", completa o comunicado.

O catálogo da MGM inclui mais de 4 mil filmes, com clássicos como 12 Homens e Uma Sentença, Instinto Selvagem, Creed, 007, Legalmente Loira, Feitiço da Lua, Poltergeist, Touro Indomável, RoboCop, Rocky, O Silêncio dos Inocentes, Stargate, Thelma & Louise, Tomb Raider, Sete Homens e um Destino, A Pantera Cor-de-Rosa, Thomas Crown, a Arte do Crime e ainda  17 mil séries de TV, como Fargo, The Handmaid's Tale e Vikings.

A aquisição não deve afetar o lançamento dos próximos filmes da MGM, como 007 - Sem Tempo para Morrer. A finalização da negociação ainda precisa ser aprovada pelos órgãos regulatórios do mercado.