Depois de ler o mangá Another, resolvi assistir o live action da história e tecer minhas as considerações. O filme Another (em japonêsアナザー) foi lançado no Japão em agosto de 2012, contando com a direção de Takeshi Furusawa. O filme é uma adaptação a obra de Hiro Kiyohara, que conta a história de uma maldição que ronda o 3º ano 3 de uma escola da cidade Yomiyama.

Sakakibara Kouchi, protagonista da história, é transferido para essa turma no meio do ano de 1998. Ao chegar na escola, ele logo percebe que algo muito estranho cercava sua turma. Como ninguém lhe explicava o qual o motivo daquele ambiente ser tão estranho, Sakakibara decide investigar sozinho. Enquanto buscava por pistas para tentar desvendar o mistério,  Sakuragi Yukari, sua colega de classe, morre bem na sua frente, deixando Kouchi ainda mais intrigado para descobrir o mistério envolvendo a turma 3-3.

Adaptações foram feitas no roteiro, fazendo com que muitos detalhes da história original ficassem de fora. Ainda é possível acompanhar a história da turma 3-3 do colégio Colégio Ginasial Yomiyama do Norte, mas a falta de detalhes pode tornar a história confusa e desinteressante para quem não leu o mangá ou assistiu o anime.

Um ponto interessante do filme foi apresentar uma continuação da história do protagonista após o ano de 1998. Em um corte de cena, a história da produção avança diretamente para o ano de 2012, mostrando Sakakibara 14 anos após a maldição.


Considerações finais
Logo de cara, pelos efeitos visuais, é possível perceber que se trata de uma produção com baixo orçamento. A falta realismo na morte dos personagens e a atuação de alguns atores tornam a experiência do live action frustrante.

O filme não consegue criar um clima de mistério para o seu espectador. Se você assiste apenas o filme, sem conhecer os detalhes da história original, certamente não terá noção da verdadeira maldição que ronda a turma 3-3. Vários trechos da história são muito mal explicados no filme, deixando muitas coisas em aberto. É uma pena que a adaptação para o cinema tenha sido tão mal feita.

Nota
★★☆☆☆ - 2