Neon Genesis Evangelion é um dos animes mais populares e aclamados já criados. A série é composta por apenas 26 episódios, com aproximadamente 23 minutos cada, número bem menor que o de outros animes populares. Ainda assim, assistir Evangelion pode ser um pouco confuso, já que a série tem vários longas-metragens e versões especiais. Pensando nisso, iremos te ajudar a entender por onde começar a sua jornada.

Para iniciar, o ideal é assistir o anime tradicional (1995-1996), que tem 26 episódios e atualmente está disponível no catálogo da Netflix. Depois, é muito importante que você veja o filme The End of Evangelion, que é um complemento para o final do anime, deixando os acontecimentos finais da série um pouco mais claros, nos mostrando toda situação de outra perspectiva.

Também existe uma versão do diretor, que apresenta pequenas mudanças nos episódios 21, 22, 23 e 24, fazendo com que eles tenham uma duração maior, de 2 a 5 minutos, em relação aos 23 minutos dos outros episódios. Essa versão muita das vezes é disponibilizada junto com a temporada completa, sendo que em alguns casos o corte do diretor substitui os episódios 21 a 24 originais, o que ocorre com a edição que está na Netflix. Basta verificar a duração dos episódios mencionados para saber se trata ou não do Director's Cut, também chamado de New Production Cut.


Evangelion: Death & Rebirth é um filme que basicamente recapitula o anime e traz alguns conteúdos extras. Em relação à ele, fique avisado que durante os anos mais de uma variante foi disponibilizada, algumas com mais e outras com menos conteúdo. A versão final é conhecida como Evangelion: Death(true)².

Evangelion também tem uma espécie de reboot, que são os filmes Rebuild. Ao todo são quatro longas, que devem ser assistidos na seguinte ordem: Evangelion: 1.0 You Are (Not) Alone, Evangelion: 2.0 You Can (Not) Advance, Evangelion: 3.0 You Can (Not) Redo e Evangelion: 3.0+1.0 Thrice Upon a Time. Como o 3.0+1.0 estreou no mês passado nos cinemas japoneses, o longa ainda não está disponível para ser assistido em outros países.

Por fim, também temos o mangá Neon Genesis Evangelion, que é um produto completamente separado do anime, tendo algumas diferenças nos rumos da história. Para os fãs, pode ser bastante interessante ler o mangá, mas fique ciente que ele não altera a cronologia dos acontecimentos do anime. O mangá já foi publicado mais de uma vez no Brasil, sendo que a edição mais recente foi lançada pela JBC entre outubro de 2011 e novembro de 2014, em 14 volumes.